Arrecia la polémica sobre presencia de público en estadios cuando la ola de Covid crece tanto...

LISBOA.- El Braga podrá tener unos 4.500 espectadores en su estadio, en el partido de la Liga Europa, previsto para el próximo jueves, entre el Sporting Clube de Braga y el AEK de Atenas. El anuncio hecho por el Gobierno portugués al respecto de público en partidos de competiciones europeas coincide con manifestaciones preocupantes del presidente de la República y del primer Ministro hablando que no se descartan más medidas duras e incluso un toque de queda en Portugal si siguen creciendo de modo alarmante los casos diarios por infección de Covid-19. El contrasentido entre la decisión gubernamental sobre público en el fútbol y anuncios de posibles nuevas y duras medidas de restricciones ha levantado una dura polémica en la noche de este sábado.

A Federação Portuguesa de Futebol anunciou que recebeu autorização do Ministério da Saúde e da Direção-Geral de Saúde para ter adeptos nas bancadas em mais três jogos. FC Porto, Benfica e SC Braga são os clubes cujas partidas das provas europeias vão ter público.
Assim, o encontro dos dragões com o Oympiakos (27 de outubro), da Liga dos Campeões, e os jogos das águias com o Standard Liège (29 de outubro) e dos bracarenses com AEK Atenas (22 outubro), ambos da Liga Europa, vão ter 15% da lotação dos respetivos estádios.
Estas três partidas estão enquadradas no conjunto de jogos-piloto que estão a ser disputados de forma a aferir a possibilidade do regresso dos adeptos aos estádios no contexto de pandemia de Covid-19.

Comunicado FPF

A Federação Portuguesa de Futebol informa que, após um conjunto de reuniões entre a Secretaria de Estado do Desporto e Juventude, o Ministério da Saúde e a Autoridade de Saúde, alcançou um acordo para efetuar mais três jogos teste com público como segue:

SP. Braga/AEK Atenas - 15% de espectadores na bancada
FC Porto / Olympiacos - 15% de espectadores na bancada
Benfica/Standard Liège - 15% de espectadores na bancada

Quanto aos lugares corporate neste jogos, terão de ser ocupados de acordo com os seguintes princípios incluídos no parecer técnico da Direção Geral da Saúde:
"A lotação dos camarotes e zonas corporate deve observar os seguintes critérios:
a) Com menos de seis lugares deve ser reduzida de forma a garantir o distanciamento de dois metros entre espectadores;
b) Com mais de seis lugares deve ser reduzida, pelo menos para 50% e garantindo o distanciamento de dois metros entre espectadores."

Estes três testes piloto serão acompanhados pela equipa da Direção de Competições da FPF que foi responsável pelos testes efetuados no Estádio José Alvalade nos jogos da Seleção Nacional com Espanha e Suécia.