La epístola semanal que el S.C. Braga envía a sus adeptos


image


Bom dia, Gverreiros! 

Lutar, lutar e lutar. Levado à letra. Sem desculpas. Sem meios termos. Somos Gverreiros e fomos talhados para ir em busca da glória em todos as batalhas, em todos os jogos, em todos os momentos, seja onde e contra quem for.

Apesar de todas as contingências sócio/económicas que vivemos atualmente devido à pandemia, esta foi mais uma semana gloriosa para as nossas cores. Primeiro, na passada quinta-feira, demos mais uma prova inequívoca de categoria internacional, conquistando mais 3 pontos (13 no total, os mesmos do 1º classificado Leicester) na fase de grupos da Liga Europa com uma categórica vitória diante do Zorya.

Pena é que continuemos a ser ‘esquecidos’ por determinadas entidades privadas de comunicação social, que entendem que o produto ‘X’ venderá sempre mais que o ‘Y’, independentemente da qualidade expectável do jogo, do equilíbrio social ou até das boas relações entre as partes. Vale-nos a Sport TV e a nossa NEXT, um projeto ambicioso do Clube, que está a ganhar cada vez mais importância nesta ótica de constante crescimento e expansão da marca SC Braga.

Segue-se agora a Roma nesta maratona que é a Liga Europa. E tal como o mister Carlos Carvalhal já repetiu várias vezes ao longo desta época: 100% de respeito; 0% de medo. Jogaremos para ganhar, tal e qual como fazemos em todos os jogos. Vencer é, sem sombra de dúvida, o combustível que move diariamente este grupo de jogadores e treinadores. Seja onde for e contra quem for.

Minutos antes do início de mais uma batalha europeia no Estádio Municipal de Braga, o nosso atleta Júlio Ferreira conquistava o título de Campeão Europeu de Taekwondo, na Sérvia, elevando bem alto o nome do SC Braga e o de Portugal. É no exemplo de atletas como o Júlio que assenta a gloriosa história centenária do nosso Clube: na resiliência, na força, na fibra vencedora, na incessante e implacável vontade de ganhar. Sempre. Parabéns, Júlio!

A semana terminou em beleza com mais um objetivo alcançado. A goleada diante do Olímpio do Montijo mais não é do que a confirmação da seriedade que marca o grupo de homens liderado pelo mister Carlos Carvalhal. Apesar do calendário apertado, não há jogos ou de menor importância. Ganhar. Sempre. Estamos nos oitavos de final da Taça de Portugal. Assunto encerrado para já, pois agora o jogo mais importante das nossas vidas é o próximo (Estoril). Será sempre o próximo.

Ganhar é importante, mas um clube sem a presença de adeptos nos momentos de glória é apenas uma sociedade desportiva, uma empresa despida de emoção e paixão. O SC Braga não é assim. Nunca foi; nunca será. A essência deste Clube reside no amor dos seus sócios e adeptos. É para eles que trabalhamos diariamente; é com eles que queremos partilhar os bons e maus momentos.

Temos um casamento para a vida, mas há quem teime em não nos deixar estar juntos. Continuamos firmes nesta luta extra que nos trouxe a pandemia: queremos os nossos Gverreiros de volta ao campo de batalha; queremos os nossos adeptos ao lado da equipa. Não é um desejo. É uma exigência.  

image

Júlio Ferreira: Sagrou-se campeão da Europa de Pesos Olímpicos. O taekwondista do SC Braga provou todo o seu valor e venceu uma competição na qual estiveram presentes os melhores atletas europeus da modalidade. Júlio Ferreira demonstrou, uma vez mais, que é uma referência do taekwondo português e do desporto nacional.

Ricardo Horta: Semana em cheio! Dois jogos consecutivos com o camisola 21 do SC Braga a marcar (Zorya e Montijo). Ricardo Horta continua a provar todo o seu valor dentro das quatro linhas, sendo importantíssimo nas últimas vitórias do conjunto arsenalista.

Patrícia Esparteiro, Tânia Barros e Beatriz Ferreira: As Gverreiras conquistaram medalhas na 1ª Liga de Karaté. Patrícia Esparteiro conquistou o ouro em Kata - a primeira medalha ao serviço do SC Braga. Tânia Barros ficou em 2º lugar, em Kumité -55kg, e Beatriz Ferreira conquistou a medalha de bronze, em Kumité -61kg.

Bernardo, Buta e Guilherme: Mostraram solidez no capítulo defensivo e foram decisivos na hora de atirar à baliza no encontro frente ao Rio Ave. Bernardo, Buta e Guilherme inscreveram o seu nome na lista de marcadores e foram as principais figuras na partida que garantiu o apuramento dos Sub-23 para a fase final do campeonato.


No hay comentarios:

Publicar un comentario

Nota: solo los miembros de este blog pueden publicar comentarios.