Page Nav

HIDE

Classic Header

{fbt_classic_header}


Breaking News:

latest
"rías baixas tribuna") Por el final de las absurdas fronteras (políticas, sociales, económicas...) que aún subsisten entre España (singularmente Galicia) y Portugal...y que tanto perjudican a la ciudadanía ibérica

Última hora : la TAP no será nacionalizada. Neeleman cedió finalmente.

Finalmente, la TAP no será nacionalizada por el Gobierno português. Se llegó a acuerdo en la madrugada reciente . El socio más influyente de...

Finalmente, la TAP no será nacionalizada por el Gobierno português. Se llegó a acuerdo en la madrugada reciente. El socio más influyente de los dos que forman la parte privada de la TAP (la compañía aérea brasileña Azul) acepta no llevar a cabo su propósito : convertir en capital social de la TAP unos 90 millones de un préstamo efectuado en el año 2016.
Siendo esto así, renunciando el accionariado privado (que es quien en realidad dirige la compañía) a sus propósitos y además aceptando las condiciones del préstamo que impone el Estado português a través del Gobierno y en su caso el ministro del ramo... la anunciada nacionalización de la transportadora aérea quedará en papel mojado.

A Azul abdicou da opção de converter 90 milhões de empréstimo à TAP em capital, evitando assim a nacionalização da companhia... destaca en telegrama de urgencia el Jornal de Notícias, de Porto.

Terça-feira ao final do dia, parecia quase certo que o governo ia nacionalizar a TAP. Contudo, as negociações entre o Estado e os privados alargaram-se pela noite fora e foi possível evitar a nacionalização da companhia aérea, avança o jornal online Eco. Informação esta que o Dinheiro Vivo/JN conseguiu confirmar na manhã desta quinta-feira.
O governo e a companhia aérea Azul alcançaram durante as últimas horas um acordo de princípio, faltando apenas os últimos detalhes para que o anuncio seja oficial. A Azul, companhia aérea fundada por David Neeleman, terá aceitado a exigência do governo: a eliminação de converter um empréstimo, realizado em 2016, de 90 milhões de euros em ações da companhia aérea.

Depois da maratona negocial, os advogados de ambas as partes conseguiram chegar a um texto comum e a formalização deste acordo, entre a Azul e o Estado. Ao que o Dinheiro Vivo apurou, o acordo vai ser oficializado nas próximas horas. Além disso, e tal como já tinha sido avançado pelo Eco e pelo Expresso, o empresário português Humberto Pedrosa (o da companhía Azul) mantém-se como acionista privado.

Neste momento, os acionistas da TAP são: o Estado que tem uma participação de 50%, o consórcio Atlantic Gateway, com 45%, e os funcionários, com 5%. David Neeleman (Azul) é acionista da TAP através do consórcio. Este consórcio é, até ao momento, detido em parte iguais por Neeleman e por Humberto Pedrosa.

Por outro lado, com o acordo alcançado, fica aberta a porta para que a ajuda do Estado português de 1,2 mil milhões de euros possa começar a chegar aos cofres da companhia para fazer face a várias despesas nomeadamente o pagamento de salários. Nesta quarta-feira, o Correio da Manhã chegou a avançar que a empresa não tinha fundos para pagar os salários de julho.

Os privados na TAP
Refere o Jornal de Notícias : 

Um passou toda a vida nos aviões, outro domina autocarros e chegou ao metro e comboio. Quem são os homens que dividem 45% da TAP?. 

David Neeleman: O empreendedor dos ares. Tem 60 anos, fundou a Azul, JetBlue, Morris Air, WestJet e Breeze. Fundou a sua primeira companhia aérea, a Morris, no Utah, EUA, aos 24 anos. É de S. Paulo, mas passou grande parte da vida nos EUA. É presidente da brasileira Azul e administrador da TAP. Tem 32% na francesa Aigle Azur. Em fevereiro, lançou a 5.ª startup de aviação, a Breeze. Tem uma fortuna avaliada de mil milhões. É mórmon, casado e tem dez filhos.

Humberto Pedrosa: Em terra e nos caminhos de ferro Tem 62 anos, é dono do Grupo Barraqueiro, lidera a Fertagus e o Metro do Sul do Tejo. Nascido em Mafra, é dono de um grupo com mais de 20 empresas nos transportes. A uma herança de autocarros regionais juntou a Rodoviária Nacional e construiu o gigante Barraqueiro. Somou-lhe a Fertagus, concessão da linha ferroviária sobre o Tejo, e a concessão do Metro Sul do Tejo, onde emprega mais de 5 mil pessoas.

AIRBUS 330-NEO, UNA DE LAS ESTRELLAS DE LA TAP

Entrada destacada

Otra vez el síndrome anti-Portugal : ¿falta de tacto, manipulación de la realidad, ignorancia...?.

"RIAS BAIXAS TRIBUNA" es una web que funciona sin ánimo de lucro alguno.  Es de agradecer el interés que muestras por esta opción....

Pensamiento al cierre...

"Há faunos e elfos escondidos, prontos a barrar o nosso caminho comum. Saber da sua natureza e propósito é condição primeira para viver melhor na Hispânia nossa". (António LEITE)