Seguridad, Salud y Confianza : las prioridades para la red de transporte del Metro do Porto

Los del Metro, del Área Metropolitana de Porto, han hecho público un documento para conocimiento general sobre cómo abordan el nuevo tiempo de paulatino desconfinamiento que se va a vivir en Portugal -y en el área del Grande Porto- a partir de este lunes. Conviene, a quien interese, leer con detenimiento...

O Metro do Porto reforça a operação em todas as linhas da sua rede a partir do dia 4 de Maio. O “novo normal” do Metro do Porto é caracterizado por três valores fundamentais: segurança, saúde e confiança. Aspectos que se traduzem, na prática, no seguinte:
- Reforço das medidas de limpeza e desinfecção dos veículos, bem como das estações e zonas de acesso
- Reforço da oferta em toda a rede, promovendo o distanciamento social
- Ocupação dos veículos até ao limite de dois terços da lotação máxima
- Promoção das medidas individuais de higiene e etiqueta respiratória, sendo obrigatório o uso de máscara de protecção individual por parte dos clientes
Com o levantamento da situação de Estado de Emergência Nacional e após a proibição de circulação entre concelhos que está em vigor entre 1 e 3, o dia 4 de Maio é a data para o regresso do Metro do Porto aos novos padrões de mobilidade. Padrões, obviamente, enquadrados nas determinações da Direcção-geral de Saúde e das demais autoridades e em respeito ao quadro de pandemia em que vivemos.
Sendo o Metro do Porto o meio de transporte mais utilizado na Área Metropolitana do Porto, tal obriga a adopção de medidas sanitárias adequadas. A prioridade e a preocupação principais são claras: promover a segurança dos clientes, protegendo a sua saúde e gerando confiança. A confiança que os elevados padrões de qualidade da Metro do Porto afirmaram e consolidaram ao longo de anos de funcionamento eficaz e de serviço à população.
Em primeiro lugar, a limpeza e a desinfecção dos espaços de uso público – veículos, estações e acessos -, com forte reforço das operações de desinfecção com produtos licenciados para a eliminação de vírus e bactérias (como sucede desde o mês de Março), e presença no terreno de um efectivo alargado de piquetes de limpeza em prontidão.
A operação do Metro cumpre as determinações das autoridades, sendo a lotação das composições limitada a dois terços da sua capacidade, promovendo em consequência o distanciamento social e a preservação da distância de segurança entre clientes. No total, estão mobilizados 81 veículos e quase 250 condutores/maquinistas, reguladores e técnicos de manutenção.
No interior dos veículos e nas estações é obrigatório o uso de equipamento de protecção individual, vulgo máscaras. A posse e a correcta utilização da máscara é uma responsabilidade individual de cada cidadão, para sua protecção e para protecção dos outros. Por forma a facilitar o acesso à sua aquisição por parte dos clientes, a generalidade das máquinas de vending disponíveis na rede do Metro do Porto dispõem de máscaras para venda. Em alguns destes pontos será igualmente possível adquirir luvas descartáveis e embalagens de álcool gel.
Nas estações de maior procura da rede do Metro, como medida de prevenção adicional, estarão instalados dispensadores de álcool gel para higienização das mãos, que serão regularmente reabastecidos.
Recorda-se ainda que, também a partir de 4 de Maio, os validadores existentes em toda a rede voltam a estar ligados, sendo imprescindível e obrigatória a validação da assinatura mensal ou do título de viagem Andante correspondente à deslocação de cada cliente. Ou, como se recomenda a todos os utilizadores de smartphones Android, a instalação e o uso do ANDA, a aplicação móvel do sistema Andante que permite uma maior comodidade e a optimização dos consumos de mobilidade. Todas as medidas sanitárias e de promoção da segurança dos clientes estão devidamente comunicadas através de sinalética própria já instalada na rede do Metro do Porto.
Tendo sempre em mente a promoção da segurança, da saúde e da confiança, o Metro do Porto deixa algumas recomendações cívicas aos seus clientes:
- Utilize sempre a máscara de protecção individual nos acessos às estações. A máscara é obrigatória no interior das estações e dos veículos.
- Evite viajar nas horas de ponta. Se lhe for possível, utilize o Metro preferencialmente depois das 10H e antes das 17H.
- Nas estações, utilize toda a área disponível dos cais de embarque – evite as aglomerações e a proximidade a outras pessoas.
- Antes de entrar no Metro, deixe passar quem quer sair – resguarde o espaço necessário para tal.
- No interior do Metro, mantenha uma distância de segurança face aos outros clientes.
- Utilize toda a área disponível no interior das composições – evite ajuntamentos, sobretudo junto às portas.
- Se o veículo no qual pretende entrar estiver demasiado cheio, espere pelo seguinte – pense primeiro na sua saúde.
- Escute e obedeça às recomendações dos Agentes de Estação, dos Agentes de Segurança e de Fiscalização e das Autoridades.
- Tenha e promova comportamentos socialmente responsáveis.
- Os elevadores das estações devem ser utilizados apenas por UMA PESSOA de cada vez.
- Nas escadas rolantes ocupe toda a largura. Não ultrapasse as outras pessoas nas escadas.