El maldito coronavirus afecta también a la calidad y rigor de las previsiones del Tiempo.

Era lo que faltaba... el dichoso coronavirus afecta también a la calidad y rigor de las previsiones del Tiempo. Ya habíamos notado en semanas pasadas que la buena aproximación de determinados pronósticos del tiempo a la realidad que luego se producía no era tan buena como antes de instalarnos en la crisis de esta peste que tanto nos preocupa. Ahora, se constata el por qué...
A pandemia de covid-19, causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2 ) oriundo da China, está a afetar até as previsões meteorológicas.
Tal como explica a radio portuguesa  TSF, que dá conta de mais um dano “colateral” da covid-19, a pandemia levou à suspensão de milhares de voos em todo o mundo, fazendo com que a qualidade das observações e previsões meteorológicas diminuísse.
As previsões meteorológicas são feitas com dados transmitidos a partir de estações à superfície, satélites e balões atmosféricos, mas a informação mais relevante para os serviços meteorológicos chega através dos aviões.

Em declarações à mesma rádio, o presidente do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Miguel Miranda, explica que os sensores a bordo das aeronaves obtém milhares de observações do estado da atmosfera, transmitindo medições essenciais “concentradas num sistema designado por AMDAR”, sendo essa informação utilizada para fazer previsões.
Com a atividade das companhias aéreas quase totalmente reduzida, a informação que chega é cada vez menor. No final de março, estima-se, terá sido dez vezes inferior ao habitual, implicando automaticamente consequências para a previsão do tempo.
“Essa redução brusca da informação faz com que a qualidade das previsões começa a sofrer alguma deterioração. A estimativa que se faz neste momento é que a qualidade à superfície vai no mínimo diminuir 3% e a qualidade em altitude irá diminuir entre 15 a 20%”, disse ainda à TSF Miguel Miranda.