Tras el triunfo en O Algarve : la carta semanal del Sporting de Braga a sus adeptos

Boa tarde, Gverreiros!

No livro da nossa caminhada na Liga, escrevemos mais uma página com um resultado positivo. Só os mais distraídos não anteviam dificuldades neste jogo no Estádio de São Luís. O Farense nunca tinha perdido com um adversário do topo da tabela por mais do que a margem mínima, prova da luta e das dificuldades que causam aos seus adversários. No entanto, o espírito e a entrega dos nossos jogadores permitiram-nos somar mais uma vitória importante na nossa caminhada.

Três pontos que só foram possíveis graças ao vosso carinho e ao apoio que dão à nossa equipa, mesmo com os entraves existentes. Orgulhamo-nos de dia após dia ter comentários de incentivo e de crença nas nossas redes sociais, os quais são importantes para a onda positiva que vive o grupo de trabalho. O vosso querer e a forma apaixonada como vivem o SC Braga encaminharão sempre o nosso Clube rumo ao sucesso.

A Páscoa é um momento de união, de fé e sobretudo de família. E o nosso maior desejo neste tempo pascal é ter-vos de volta aos estádios o mais rapidamente possível. Temos saudades de ver os cachecóis do SC Braga a serem agitados com toda a força, dos cânticos e de todos os momentos que vocês nos proporcionam. Continuaremos a lutar e a fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para que isso volte a acontecer brevemente.

Congratulámo-nos, ainda, com a decisão do TAD, a qual nos absolveu do castigo de dois jogos de interdição aplicados pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, por alegado apoio a grupos organizados de adeptos não legalizados. Apesar do mais que provável recurso que a FPF sempre apresenta quando perde um caso deste género, esta decisão trouxe finalmente justiça ao contexto do SC Braga, corrigindo uma sentença imposta de forma pouco factual.

Talvez não fosse mal pensado contratar alguns elementos do TAD para arbitrarem as derradeiras jornadas do nosso campeonato. A julgar pela disparidade de critérios apresentados de jogo para jogo (ou de cor de camisola para cor de camisola), não seria, certamente, prejudicial acrescentar um pouco de justiça à Liga.

O que nos move é vermos a família bracarense feliz e sabemos que os resultados constroem esse sentimento. Com o nosso trabalho, resiliência e coração lutaremos por dar-vos alegrias. Os remates do Ricardo Horta, os passes da Dolores Silva, as braçadas da Tamila Holub, os pontapés do Júlio Ferreira, a velocidade da Mariana Machado e, tantos outros exemplos, terão uma força indomável. Porque todos esses movimentos serão sempre por vocês.

Obrigado, Gverreiros!



SC Braga/AAUM: Pela 8ª vez consecutiva, os Gverreiros garantiram a qualificação para os playoffs da Liga Placard. A equipa de Bruno Guimarães voltou a exibir-se a um grande nível e venceu de forma esclarecedora o Viseu 2001. O SC Braga/AAUM está há nove jogos sem conhecer o sabor da derrota e soma cinco vitórias consecutivas no campeonato, resultados que espelham o bom momento da equipa.

Leonor Coelho: A jogadora do SC Braga esteve em destaque no Torneio WEVZA, ao serviço da Seleção Nacional Sub-16 de voleibol. Leonor Coelho ajudou a equipa das Quinas a conquistar o terceiro lugar na competição, foi eleita a segunda melhor atacante e ainda foi incluída no 'seis base' do torneio, que decorreu na última semana em Itália.
 

No hay comentarios:

Publicar un comentario

Nota: solo los miembros de este blog pueden publicar comentarios.