Câmara de Braga insiste en su esfuerzo por mejorar saneamiento y tratamiento de aguas residuales

La Câmara Municipal de Braga, que preside Ricardo Rio, avanzó otra vez este lunes de Pascua en reunión del Ejecutivo municipal, en el proceso que se viene llevando a cabo, en cuanto a mejoras en la red de saneamiento y tratamiento de aguas residuales en el término municipal. Fue así cómo se valoraron las mejoras operadas en la Estación de Tratamiento de Aguas Residuales de Frossos, donde se han invertido cerca de 2 millones de euros.

El Ejecutivo abordó también la consecución necesaria de la nueva ETAR, destacándose el cronograma de los pasos dados al respecto hasta la fecha con vista a la construcción inmediata de la estación tan anhelada.

ETAR de FROSSOS desde 2014


Instalação de Equipamentos e Fases de Tratamento Adicionais na ETAR

de Frossos :


1. Implementação de gradagem complementar na descarga de emergência

Vantagem :

• Redução do impacto de descarga de efluentes diretamente sobre o meio

hídrico.


2. Reformulação do sistema de arejamento da etapa de tratamento biológico

Vantagens :

• Otimização da alimentação/distribuição de ar através da regulação

automática do caudal de ar fornecido pelos sopradores aos difusores;

• Flexibilização do bom desempenho do sistema;

• Economia em termos de consumos energéticos.


3. Implementação de silo de cal para estabilização química das lamas desidratadas

Vantagens:

• Gestão mais eficiente por rentabilização do equipamento de extração/

desidratação/ armazenamento, por facilidade de transporte;

• Implementação de um plano ambientalmente mais adequado de deposição

de lamas (compostagem e/ou valorização agrícola).


4. Implementação de sistema de desodorização biológica

Vantagens:

• Neutralização dos maus odores na etapa de tratamento preliminar da linha

líquida e da etapa de tratamento de lamas;

• Tecnologia utilizada, biológica, é totalmente limpa;

• Grande eficiência, menores custos energéticos e operacionais;

• Não utilização de qualquer reagente químico.


5. Remodelação do edifício do tratamento preliminar

Vantagem:

• A par do ponto anterior (da desodorização biológica), permite conter e tratar

convenientemente os gases produzidos na obra de entrada da ETAR.


Valor dos Investimentos 1 a 5 (2017): 902.014€


Melhorias Internas: 2017-2019


1. Cobertura do Digestor Secundário (Lamas) (Nov - Dez 2019)

Vantagem:

• diminuição do impacto dos maus odores.


2. Instalação de um parafuso de Arquimedes e reabilitação de 2 unidades


3. Melhorias no Espessamento Mecânico (março 2020)

Vantagem:

• Otimização do funcionamento da linha de lamas e consequentemente o

desempenho global da ETAR.


4. CREATECH (fevereiro 2019)

Vantagem:

• Otimização do desempenho funcional e energético da ETAR

Plataforma informática de análise e controlo inteligente dos equipamentos e

parâmetros da ETAR, reforçando assim o apoio à decisão operacional, revelando-se

uma ótima ferramenta para controlo e otimização do processo biológico.


5. Instalação de equipamento de análise paramétrica online – analisadores de amónia

e nitratos


6. Fornecimento e instalação de válvulas de diafragma, motorizadas, na linha de

distribuição de ar aos tanques de arejamento da ETAR de Frossos

Vantagem:

• controlo e otimização do processo biológico.


7. Beneficiação da Estação Elevatória de Escorrências


8. Reabilitação de um Decantador Primário


9. Iluminação de segurança no pavilhão da Obra de Entrada


10. Unidade de produção fotovoltaica para autoconsumo


11. Substituição da central de deteção de gases


Melhorias em curso (2020-2021)


1. Remodelação da linha de ar comprimido – novo compressor


2. Melhorias de entrada de ar no sistema de arejamento - 4 válvulas, eletricidade,

automação e controlo


3. Beneficiação da Estação Elevatória de Escorrências


4. Cobertura da Zona das bombas de elevação de lamas à centrifuga e filtro banda


5. Substituição de uma Bomba de Recirculação


6. Elevação das paredes dos tanques de arejamento (em concurso/ adjudicação)

Vantagem:

• Contenção das espumas


7. Exutor (incluído na obra da CM Braga) + Prolongamento do exutor


Valores do Investimentos adicionais (2017-2021): 1.060.000€




Construção da nova ETAR


CRONOGRAMA

Envio à Câmara Municipal de Braga da proposta de integração do espaçonecessário à construção da nova ETAR    03/fev/15

Elaboração Anteprojeto    Abr 2015 - Dez 2015

Desenvolvimento do Projeto de Estudo Geológico e geotécnico e projeto defundações para a ETAR do Este  fev/16

Desenvolvimento do Projeto de Processo, Construção Civil e Instalações
Elétricas   mar/16

Desenvolvimento do Projeto do Emissário   mar/16

Estudo de Impacte Ambiental (EIA)

Pedido de Informação Prévio (PIP) 25/fev/16
Elaboração do EIA Com estudo de 4 alternativas de localização Março a julho de 2016
Submissão EIA 30/jan/17
Pedido de Elementos Adicionais 10/mar/17
Entrega Elementos adicionais 06/jun/17
Declaração conformidade do EIA 16/jun/17
Visita local do projeto c/ Autoridade de AIA 07/jul/17
Entrega elementos complementares 17/jul/17
Consulta Pública 26 de junho a 21 de julho de 2017
Parecer Técnico Final 01/ago/17
Emissão Declaração de Impacte Ambiental (DIA) 25/set/17
EmissãoTitulo Utilização Ambiental (TUA) 16/out/17

Estudo de viabilidade do novo acesso à ETAR pela EN14 20/mar/18

Estudo de caudais e cargas_ETAR de Frossos 07/jul/18

Tratamento da UOPG 11/jul/19

Atualização de dados de caudais e cargas relativos ao Sistema Cidade jan/20

Envio texto à APA com dados atualizados 08/jan/20

Revisão Anteprojeto  26/fev/2020 a 30/jul/2020

Aviso POSEUR 2020 (9M€ de comparticipação)
Data de Abertura 04/jul/20
Data de Fecho 31/ago/20
Parecer Favorável 30/set/20

Desenvolvimento das peças do concurso : 6 meses

Concurso Público 2021

Inicio obra 2021

Arranque 2023


No hay comentarios:

Publicar un comentario

Nota: solo los miembros de este blog pueden publicar comentarios.