Valença do Minho faz queimadas para travar incêndios florestais

Valença vai criar 100 hectares de faixas de contenção de incêndios, nos pontos mais críticos e sensíveis do concelho aos grandes incêndios de verão.

Esta iniciativa enquadra-se nas ações preventivas que, ao longo do ano, o Município de Valença desenvolve para ajudar a salvaguardar pessoas e bens dos flagelos dos incêndios. Queimadas controladas, limpezas florestais e de faixas de contenção, sensibilização das populações, reflorestação de áreas ardidas são apenas algumas das medidas em curso em Valença.

Queimadas Controladas
Amanhã, 17 de março, vão decorrer queimadas controladas em São Silvestre abrangendo as freguesias de Taião e Cerdal, encosta de Quebrada, em Sanfins e encosta do Monte do Faro, em Ganfei. Cerca de 100 hectares de mato vão ser queimados pela Proteção Civil de Valença, com apoio das equipas de sapadores florestais da região e bombeiros voluntários.

Limpezas de Matos
A equipa de Sapadores Florestais tem atuado ao longo do ano na prevenção com limpeza de faixas e áreas florestais mais sensíveis, um pouco por todo o concelho. A Câmara Municipal procedeu também à criação de amplas faixas de contenção em estradas e áreas consideradas sensíveis. A autarquia, atuou, ainda, no cumprimento de limpezas, na substituição de particulares, em várias locais do concelho que se encontravam em contencioso, indicados pela GNR / SEPNA.

Campanhas de Sensibilização
A cargo da GNR/SEPNA tem decorrido campanhas de sensibilização junto das populações relativas às faixas de limpeza, junto às habitações. Saiba aqui o que tem que limpar no seu terreno: http://www.cm-valenca.pt/servicos-municipais-florestas

Todos Contam Para Atuar Antes dos Incêndios
Este trabalho faz parte de um plano de ação municipal preventivo da época de incêndios e que tem vindo a desenvolver ações por todo o concelho em parceria com todos os agentes locais e regionais. O sucesso de todas estas ações só se consegue com a colaboração de todos.
Recorde-se que todas as queimas e queimadas “agrícolas” de sobrantes devem ser comunicadas pelo telefone 808 200 520, as mesmas podem ser realizadas até 1 de junho.

No hay comentarios:

Publicar un comentario

Nota: solo los miembros de este blog pueden publicar comentarios.