Mascarón de proa_$type=three$m=0$rm=0$h=400$c=3$show=home

En portada / Na capa_$type=slider$count=6$rm=0$show=home

Contracapa / Contraportada_$type=grid$count=3$m=0$sn=0$rm=0$show=home

Artículo de Joaquim António Emídio) "Camões, Armando Vara e Idália Serrão"

Camões dá nome ao dia de Portugal o que é caso único no mundo. Este é o país de Armando Vara, que de bancário passou a banqueiro, e de Idáli...


Camões dá nome ao dia de Portugal o que é caso único no mundo. Este é o país de Armando Vara, que de bancário passou a banqueiro, e de Idália Serrão que acabou de cair do cavalo depois de as autoridades terem posto em causa a sua competência para o lugar que desempenha no banco Montepio.

“Este país fica-me apertadinho nas cavas*. Não é preciso citar Alexandre O’Neill nem Fernando Pessoa, muito menos Álvaro Cunhal ou Mário Soares, para termos uma boa frase sobre a questão de ser português. Uma citação de uma das muitas entrevistas de O MIRANTE serve às mil maravilhas para nos revermos na fotografia. Realmente este país é pequenino para tanta truta, e para tanto peixe graúdo, que sonha para a sua vida o que Camões sonhou para Portugal ao transformar “factos históricos numa epopeia onde a História do nosso povo anda de mãos dadas com os desígnios e a vontade dos deuses”.

Camões dá nome ao dia de Portugal. Caso único no mundo. Foi um poeta desconhecido no seu tempo, morreu em data desconhecida, não há notícia dos seus parentes, onde viveu e, por fim, onde foi sepultado (muito provavelmente em campa comum e sem a dignidade de um lençol embrulhado no corpo).

É próprio dos portugueses estes actos de homenagem depois da morte: as honrarias depois do desprezo e da desumanidade. Hoje, como ontem, os artistas não são os que escrevem, pintam, esculpem, filmam ou simplesmente dão cor à vida colectiva; os artistas, os verdadeiros artistas, são os que dominam o poder financeiro, os que governam os impostos do povo e podem, sem qualquer vigilância, conceder empréstimos de milhões com a garantia que o gato dá ao rato quando o deixa correr mais uns centímetros entre dois buracos.

Armando Vara, um banqueiro do regime que nasceu com o 25 de Abril de 1974, ganhou esse estatuto por ser socialista e amigo de José Sócrates. Só por isso chegou a administrador de vários bancos, entre eles a Caixa Geral de Depósitos, banco do Estado, para assinar pedidos de crédito como se toda a sua vida tivesse sido dedicada a estudar financiamentos bancários e avaliações de risco. Armando Vara foi empregado bancário no início da sua vida; depois chegou a banqueiro por ser filiado num partido político e ter amigos influentes.

Há cerca de 10 anos o Banco Central Europeu apertou as regras de forma a que não voltem a acontecer situações como a de Armando Vara. Os banqueiros estão cada vez mais sujeitos a uma escrutínio que tenta impedir que os espertalhões da política se aproveitem do emblema do partido para roubarem dos impostos dos portugueses os financiamentos para as aventuras empresariais dos seus amigos.

Foi por isso que Idália Serrão acabou de perder, na Associação Mutualista Montepio, o estatuto de administradora com os pelouros financeiro e de contabilidade por intervenção da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF). Idália Moniz passou de presidente de Junta de Freguesia de Almoster, em 2010, a deputada e depois banqueira em 2017. A sua formação foi adquirida em cursos de Educação Musical. Quando chegou a vereadora da Câmara de Santarém parecia a amazona de Rui Barreiro, seu parceiro na cavalgada autárquica que acabou mal.

Há três anos, quando saltou da Assembleia da República para o lugar de banqueira, sem qualquer experiência no mundo dos negócios, nem por conta própria, nem qualquer tipo de formação, poucos se indignaram. A classe política dirigente a nível nacional está toda do mesmo lado, ou seja, do lado oportunista das conquistas de Abril de 1974. - JAE


* Entrevista a O MIRANTE com Rui Sommer de Andrade, edição 15/03/92.


JOAQUIM ANTÓNIO EMÍDIO 
es el director-general de "O MIRANTE", 
el mayor y mejor semanario regional de Portugal


JAE)

 

RÍAS BAIXAS TRIBUNA es una web de información, análisis, divulgación y crítica, contemplada en un planteamiento totalmente ajeno a lo comercial. El autor de RÍAS BAIXAS TRIBUNA no contrata publicidad alguna, ni tampoco recibe dinero alguno por la labor que realiza, lo que resulta suficientemente explicado en notas a pié de página de este site.
Salvo aquellos en donde hay referencia a sus autores o cita expresa con la firma de los mismos, todos los trabajos publicados en la web corresponden a la autoría directa del autor-director-editor de este site, o bien a hacerse eco -en todo o en parte- de informaciones, ideas, opiniones, imágenes y notas de prensa emitidas por terceros.
Sea como fuere : las opiniones vertidas en RÍAS BAIXAS TRIBUNA son de exclusiva responsabilidad de quienes las emiten y no representan, necesariamente, el pensamiento de esta publicación, por lo que el autor de esta web no se hace responsable -salvo aquellas que le son propias- de las ideas, datos, imágenes y opiniones de otros aquí reflejadas.
Nombre

-A EURORREGIÂO,285,-CORTOS Y DIRECTOS,27,-EL OCIO-TURISMO,70,-FRONTERAS,75,-LA CULTURA,69,-LA EURORREGIÓN,266,-LA VIDA,212,-Las Cosas de la Vida,2,-LAS OPINIONES,70,-LAS PERSONAS,88,-LOS DEPORTES,232,-m,1,-MAIS PORTUGAL,115,-MÁS ESPAÑA,76,-Ocio/Deportes/Espectáculos,1,-PORTADA,169,-PORTADA),424,-Y ADEMÁS...,205,+ GALICIA,1,1-EURORREGIÓN,330,10-OCIO-ESPECTACULOS,35,11-PORTUGAL TAMBIÉN,89,12-ESPAÑA TAMBIÉN,42,13-MÁS DE PORTADA,8,2-GALICIA,108,3-PORTUGAL,41,4-LAS COSAS DE LA VIDA,251,5 ASUNTOS DE PORTADA EN RÍAS BAIXAS TRIBUNA,470,5-OPINIÓN,82,6-OCIO-DEPORTES-ESPECTÁCULOS,157,7-MÁS EURORREGIÓN,151,8-EL ÚLTIMO PARTE,48,CAJÓN DE SASTRE,283,CLAVE INFORMATIVA,63,CORONAVIRUS,74,CORTOS Y LARGOS,13,CUADERNO FINAL,36,CULTURA Y ESPECTÁCULOS,19,CULTURA-SOCIEDAD-MEDIA,51,DEPORTES,311,EL ÚLTIMO PARTE,60,ESPAÑA,293,ESTAS TIERRAS Y ESTAS GENTES,12,EURORREGIÂO,16,EURORREGIÓN,35,EURORREXIÓN,39,FERROCARRIL,280,GALICIA,1122,GALICIA SUR,127,GRANDE REPORTAGEM,12,INTERNACIONAL,73,LA MIRILLA,36,LAS COSAS DE LA VIDA,583,LOS DEPORTES,16,MAIS PORTUGAL,23,MÁS ESPAÑA,8,MÁS GALICIA,186,MASS-MEDIA,493,Medios de Comunicación,10,OCIO,172,OCIO-ESPECTÁCULOS,149,OCIO-TURISMO,218,OPINION,123,OTRA PORTADA,10,PIE DE FOTO,23,PONTEVEDRA,188,PORTADA,39,PORTUGAL,570,PORTUGAL NORTE,67,PRIMER CUADERNO,39,PROVINCIA,614,PUNTOS DE VISTA,16,REPORTAJES,2,REPORTAJES-ARTÍCULOS,43,RETRATOS,88,SPORTING DE BRAGA,170,TAUROMAQUIA,147,VIGO,282,
ltr
item
RÍAS BAIXAS TRIBUNA: Artículo de Joaquim António Emídio) "Camões, Armando Vara e Idália Serrão"
Artículo de Joaquim António Emídio) "Camões, Armando Vara e Idália Serrão"
https://images.impresa.pt/mirante/2021-03-17-CAPA_MEDIO.jpg-2543c6bb
RÍAS BAIXAS TRIBUNA
https://www.riasbaixastribuna.com/2021/03/articulo-de-joaquim-antonio-emidio.html
https://www.riasbaixastribuna.com/
https://www.riasbaixastribuna.com/
https://www.riasbaixastribuna.com/2021/03/articulo-de-joaquim-antonio-emidio.html
true
1496149115088572514
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Readmore Reply Cancel reply Delete By Home PAGES POSTS View All RECOMMENDED FOR YOU LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Table of Content