Presidente de la Câmara de Braga sospecha que se avecina un PRR "excesivamente centralista"



O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, considera que o Plano de Recuperação e Resiliência nacional (PRR), que se encontra em consulta pública, é demasiado centralista e só olha para as áreas metropolitanas. Em declarações ao Porto Canal, o presidente da Câmara Municipal de Braga revela que vai apresentar a respectiva reclamação e reivindica a inclusão neste PRR de projectos estruturantes para a Cidade e para a região e que contribuem para uma divisão mais harmoniosa e equilibrada dos fundos por todo o território nacional.
“Infelizmente aquilo que se tem verificado ao longo dos últimos anos é que existe sempre uma visão excessivamente centralista, orientada para a capital ou para as duas áreas metropolitanas como acontece no sector dos transportes ou noutras dimensões das políticas públicas e este PRR acaba também por ser muito centrado nesses mesmos territórios”, sustentou Ricardo Rio, defendendo que existem “outros projectos que podem ser alavancas importantes da competitividade dos territórios e da sua recuperação perante a crise pandémica, que são exequíveis de concretizar num horizonte temporal relativamente curto e que devem ser tidos em conta”.

No hay comentarios:

Publicar un comentario

Nota: solo los miembros de este blog pueden publicar comentarios.