Fronteras. La vigencia de una frase de António Leite

La tenemos fijada, en la zona noble de esta publicación de RÍAS BAIXAS TRIBUNA. No es para menos. Mira por donde con lo de las fronteras recobra vigencia plena. Siempre estará vigente y será necesario recordarla : 
"Há faunos e elfos escondidos, prontos a barrar o nosso caminho comum. Saber da sua natureza e propósito é condição primeira para viver melhor na Hispânia nossa". (António Leite)
---------------------
Aún anoche, en Twitter, Leite decía en un diálogo que sostenía con Elisa Beni : "Depois da pomposa cerimônia de Elvas ao mais alto nível entre os dois estados em que se prometeu não mais fechar portas, percebemos que o nosso caminho comum é estreito, sinuoso e longo. Perdeu-se uma oportunidade de ouro para reforçar a união entre os povos da nossa Ibéria"

No hay comentarios:

Publicar un comentario

Nota: solo los miembros de este blog pueden publicar comentarios.