Page Nav

HIDE

Classic Header

{fbt_classic_header}


Breaking News:

latest
"rías baixas tribuna") Por el final de las absurdas fronteras (políticas, sociales, económicas...) que aún subsisten entre España (singularmente Galicia) y Portugal...y que tanto perjudican a la ciudadanía ibérica

Se veía venir : huelga en los Correos portugueses (CTT) ante la degradación del servicio

"RIAS BAIXAS TRIBUNA" es una web que funciona sin ánimo de lucro alguno.  Es de agradecer el interés que muestras por esta opción....

"RIAS BAIXAS TRIBUNA" es una web que funciona sin ánimo de lucro alguno. Es de agradecer el interés que muestras por esta opción...

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações de Portugal (SNTCT) convocou uma greve geral para os dias 30 de novembro e 2 e 3 de dezembro, em luta contra a degradação da qualidade do serviço postal dos CTT, a falta de pessoal e condições remuneratórias, revela o sindicato que reivindica aumentos salariais em 2020 e exigem a admissão para quadro da empresa os trabalhadores ”em número suficiente para prestar o serviço de qualidade”.

“Já foram decretadas greves gerais para os dias 30 de novembro e 2 e 3 de dezembro”, revelou ao Jornal Económico Victor Narciso, secretário-geral do SNTCT, dando conta de que estão em causa questões remuneratórias como aumentos salariais em 2020 para os trabalhadores dos CTT e que, “desde a privatização, a empresa tem menos trabalhadores para fazer o serviço”.

O SNTCT denuncia a degradação da qualidade do serviço prestado às populações e, dizem, “a gritante” falta de pessoal, agravada pela não renovação dos contratos a termo.

“Desde a privatização [em 2014], o serviço postal universal tem vindo a degradar-se continuamente por efeito de uma má gestão e, eventualmente, más escolhas de gestão, existindo hoje menos trabalhadores para fazer o serviço”, acrescenta o sindicalista, salientando que “nos últimos quatro anos, os CTT não cumpriram os padrões de qualidade”.



No hay comentarios

Nota: solo los miembros de este blog pueden publicar comentarios.

Prensa española :

Portadas de Prensa española están al final