La carta semanal del escriba de "A Pedreira" a todos los adeptos del Sporting de Braga

 

Bom dia, Gverreiros!

Há muitas razões para sorrir em Braga. A juntar à vitória da equipa feminina e às exibições de gala em Tondela (equipa principal) e em Vila Verde (equipa B), a noite de domingo revelou mais uma grande notícia para as nossas hostes: Nuno Sequeira foi chamado à Seleção Nacional por Fernando Santos, podendo estrear-se por Portugal já hoje frente a Espanha, ou então nas partidas com a França e Suécia. Uma convocatória mais do que merecida, diga-se! Na mesma medida em que seria justo para outros elementos do nosso plantel terem a atenção do selecionador. Boa sorte, Nuno!

Além dos merecidos 3 pontos, a consistente vitória com o Tondela (4-0) fica igualmente marcada pela estreia de mais um produto ‘made in’ Cidade Desportiva: Rodrigo Gomes cumpriu os primeiros minutos com a camisola principal do SC Braga, seguindo as pisadas de Pedro Neto e de Trincão, entre tantos e tantos outros, alguns deles com tempo e espaço no atual plantel, casos de Tiago Sá, Hornicek, David Carmo ou Francisco Moura. O trabalho feito na Cidade Desportiva orgulha-nos e dá-nos garantias de presente e futuro.

Esta foi também uma jornada marcada pelo regresso do público às bancadas. Esta demonstração de civismo deve servir de exemplo e de garantia para todos aqueles que tinham dúvidas sobre a capacidade organizativa do futebol. O nosso desejo é que, já frente ao Nacional, os nossos adeptos possam ocupar os respetivos lugares na engrenagem do SC Braga: nas bancadas, com alma e coração. Os melhores do Mundo, aliás. Que a Liga, a DGS e a FPF saibam desbravar o caminho para que estes desejos - comuns a todos os clubes - sejam rapidamente concretizados.

Por último, o mercado. Esse bicho-papão multifacetado, criador de pesadelos e de sonhos, que ocupa diariamente as parangonas dos jornais e que cria um sem fim de conteúdo (verdadeiro e falso) à volta dos clubes e dos seus ativos.

Em nome do projeto desportivo e dos objetivos traçados pelo SC Braga no arranque da temporada, resistimos a múltiplas abordagens por vários dos nossos jogadores, de forma a mantermos a qualidade e competitividade do plantel às ordens de Carlos Carvalhal. Estamos satisfeitos com a constituição da equipa, confiamos nas soluções que temos em toda as estruturas de futebol (que vão desde a equipa principal aos escalões de formação, passando pela equipa B e Sub-23), e sentimo-nos preparados para atacar a época. Juntos. Sempre!

Uma última nota: há quem saiba mover-se com dignidade e respeito nas curvas e contracurvas do mercado; mas há também quem viva na falsa ilusão de que a noção de ‘grandeza’ é perpétua, dispensando os mais básicos conceitos de respeito institucional. É preciso ser e não apenas parecer.
 

image

image

Galeno: A ‘serpente’ da Legião brilhou em Tondela com dois golos e uma assistência.  O número 90 do SC Braga foi uma dor de cabeça para a defesa adversária e levou para casa o prémio de melhor jogador da partida. 

Adeptos: Uma receção calorosa na chegada a Tondela. Mesmo sem poderem assistir ao encontro no Estádio João Cardoso, vários adeptos do SC Braga deslocaram-se a Tondela para apoiar a equipa, mostrando todo o seu amor pelo clube.

Vítor: Contribuiu com um golo e com uma excelente exibição para o triunfo da equipa B do SC Braga frente ao Vilaverdense. Com dois golos em dois jogos, o avançado do SC Braga começou a nova temporada em boa forma.

Formação: Mão-cheia de jogadores chamados às seleções jovens. Bruno Rodrigues, Schurrle, Buta e Rodrigo Gomes foram convocados para a seleção portuguesa de Sub-20. Jovicic foi chamado para integrar a seleção sérvia de Sub-19 para preparar a Ronda de Elite de Apuramento para o Campeonato de Europa.

Myra Delgadillo: Bisou em Albergaria e já é uma das peças-chave na equipa arsenalista. A avançada norte-americana destacou-se pela velocidade e frieza na hora do tiro.