Page Nav

HIDE

Classic Header

{fbt_classic_header}


Breaking News:

latest
"rías baixas tribuna") Por el final de las absurdas fronteras (políticas, sociales, económicas...) que aún subsisten entre España (singularmente Galicia) y Portugal...y que tanto perjudican a la ciudadanía ibérica

La CP detalla sus sistemas de calidad, seguridad y protección anti-Covid-19

 La CP hizo público en una extensa nota su actual política de seguridad y limpieza anti-Covid en el material ferroviario que emplea. Por el ...

 La CP hizo público en una extensa nota su actual política de seguridad y limpieza anti-Covid en el material ferroviario que emplea. Por el interés general que tiene, publicamos a continuación lo divulgado por la compañía ferroviaria portuguesa.


A satisfação e a segurança dos Clientes, a motivação dos colaboradores, a competitividade, as exigências crescentes do mercado, bem como a envolvente económico-social, incentivam a CP a manter e desenvolver o Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) e o Sistema de Gestão da Segurança (SGS), que se revelam cada vez mais como ferramentas de suporte a uma gestão integrada da empresa.

Num contexto de Pandemia Covid-19 que estruturou o quotidiano de todos nós, com particular impacto na mobilidade das pessoas e bens, é exigido a cada um a adoção de regras comportamentais que ajudem a preservar a saúde pública.

A CP – Comboios de Portugal, enquanto empresa pública, assumiu as suas responsabilidades de transportador de grandes massas e concebeu um Plano de Contingência que integra os procedimentos necessários à formação, distribuição e monitorização das medidas de Higienização, Bio-segurança e Logísticas, que permitiram concretizar as diretrizes emanadas da Direção Geral de Saúde, assumindo-se  como um agente de saúde pública.

Consciente do trabalho realizado a CP submeteu-se a uma Auditoria Externa, para avaliação das boas práticas de gestão de riscos biológicos, tendo em sequência obtido a certificação COVID CLEAN.

O processo de certificação foi conduzido pela EIC – empresa internacional de certificação, que em parceria com a Verycer, fizeram uma avaliação de riscos e verificação de utilização de boas práticas, no cumprimento das medidas e recomendações da DGS (Direção Geral da Saúde), OMS (Organização Mundial da Saúde) e ACT (Autoridade para as Condições de Trabalho). 

Neste processo foram auditados vários estabelecimentos CP, cobrindo a totalidade da rede ferroviária nacional, sendo de destacar:

  • os Comboios (Sintra, Cascais, Oeste, Norte, Coimbra A – Coimbra B, Minho, Douro, Beira Baixa, Beira Alta, Tomar, Sado, Azambuja, Figueira da Foz, Évora, Algarve);

  • as Estações (Santa Apolónia, Oriente, Campolide, Entroncamento, Entrecampos, Sete Rios, Rossio, Caldas da Rainha, Amadora, Queluz, Belas, Cacém, Algueirão, Sintra, Cais do Sodré, Algés, Oeiras, Carcavelos, Cascais, S. Bento, Campanhã, Espinho, Gaia, Marco de Canaveses, Peso da Régua, Covilhã, Castelo Branco, Guarda, Nelas, Coimbra-B, Pombal, Alfarelos, Figueira da Foz, Riachos, Tomar, Santarém, Azambuja, Alverca, Vila Franca de Xira, Barreiro, Pinhal Novo, Setúbal, Évora, Beja, Faro, Albufeira e Tunes);

  • as Oficinas (Campolide, Oeiras, Cais do Sodré, Santa Apolónia, Entroncamento, Contumil e Guifões).

Nestes locais pretendeu-se constatar a correta aplicação das orientações das autoridades da saúde e do trabalho, salvaguardando as condições de saúde e segurança, quer para os clientes quer para os colaboradores. O âmbito da certificação foi o cumprimento das seguintes normas:   

  • Orientação n.º 6/2020 da DGS: procedimentos de prevenção, controlo e vigilância em empresas;
  • Orientação n.º 10/2020 da DGS: distanciamento social e isolamento;
  • Orientação n.º 11/2020 da DGS: medidas de prevenção da transmissão em estabelecimentos de atendimento ao público;
  • Orientação n.º 14/2020 da DGS: limpeza e desinfeção de superfícies em estabelecimentos de atendimento ao público ou similares;
  • Orientação n.º 19/2020 da DGS: Utilização de Equipamentos de Proteção Individual por Pessoas Não-Profissionais de Saúde;
  • DGS SAÚDE E TRABALHO medidas de prevenção da COVID-19 nas empresas;
  • DGS SAÚDE E ATIVIDADES DIÁRIAS medidas gerais de prevenção e controlo da COVID 19 -VOLUME I;
  • Prevention and Mitigation of Covid19 at work. Action Checklist. International Labour Organization;
  • Adaptar os locais de Trabalho | Proteger os Trabalhadores. 19 Recomendações. Autoridade Para as Condições de Trabalho;
  • Circular Informativa Infarmed Máscaras: normas aplicáveis e tipologia;
  • Orientação n.º 27/2020 da DGS: procedimentos nos transportes públicos de 20 Maio 2020, atualizado a 20 de Julho 2020.

Resultou da auditoria que a CP cumpre na globalidade com os requisitos aplicáveis pelo que recebeu a certificação COVID CLEAN: boas práticas na gestão de riscos biológicos - COVID 19, nos serviços de transporte ferroviário de passageiros Urbanos, Regionais e de Longo Curso.


A implementação do Sistema de Gestão de Qualidade (SGQ) na CP iniciou-se em 1999, no mesmo ano em que o SGQ cobrindo as suas oficinas de grande reparação de material circulante (a então EMEF, Empresa do grupo CP) foi certificado de acordo com a NP EN ISO9002:1995.

Em janeiro de 2020 ocorre a integração na CP da EMEF, mantendo-se o SGQ da CP certificado em conformidade com a norma NP EN ISO 9001 no domínio do serviço de transporte de passageiros. De igual modo, fruto desta integração, a CP passou a dispor da certificação do SGQ no domínio industrial, abrangendo a conceção, fabrico, manutenção e reparação de material circulante e respetivos componentes, e operações de carrilamento. Poderá consultar aqui os momentos chave e o último relatório da qualidade de serviço CP.

Cientes dos desafios colocados pelo Mercado e pela Regulamentação, o Sistema existente, constitui o suporte para possibilitar a integração de aspetos relevantes comuns a outros sistemas de gestão certificados. Deste modo conseguimos articular e responder com eficiência aos requisitos de certificação de outros Sistemas de Gestão, como é o caso dos requisitos regulamentares da União Europeia, aplicáveis às oficinas de Manutenção de Material Circulante Ferroviário, no âmbito do “sistema de certificação de Entidades Responsáveis pela Manutenção.

Acreditamos num desenvolvimento sustentado e socialmente responsável do sistema de manutenção de material circulante, voltado para o cumprimento das expectativas dos nossos Clientes e dos utilizadores do transporte ferroviário, tendo sempre presente que a Segurança do Material Circulante Ferroviário é para a CP, um Valor primordial permanente.

Laboratório de Calibração – Acreditação NP EN ISO/IEC 17025:2018

Reforçando a aposta na Qualidade, foi desenvolvido na EMEF, um Sistema de Gestão da Qualidade no Laboratório de Ensaios e Metrologia, acreditado pelo IPAC – Instituto Português de Acreditação, de acordo com a norma NP EN ISO/IEC 17025, garantindo padrões de rigor e confiança de acordo com este exigente standard Internacional, nos serviços de calibração internos e prestados ao exterior. Este Laboratório localizado no Entroncamento, está acreditado para realizar calibrações no âmbito dimensional, eletricidade, momento e pressão.

Certificado pela Entidade Responsável pela Manutenção (ERM) de Vagões segundo Regulamento (EU) Nº 445/2011 da Comissão de 10/05/2011

A CP é desde 20/04/2020, detentora do certificado ERM (nas quatro funções do Regulamento (EU) Nº445/2011) para a manutenção e reparação de vagões de mercadorias convencionais, incluindo vagões para transporte de matérias perigosas, emitido pela Associação Portuguesa para a Normalização e Certificação Ferroviária (APNCF).

Esta certificação decorre da fusão por incorporação da EMEF na CP em 01/01/2020, e dá continuidade ao anterior certificado ERM da EMEF conferido em 2013. 

A última Política da Qualidade aprovada pelo Conselho de Administração da CP data de março de 2018. (em atualização).


A última Política da segurança  aprovada pelo Conselho de Administração da CP data de março de 2018.





Prensa española :

Portadas de Prensa española están al final