Liga Portugal. El TAD confirma el descenso (administrativo) del V. Setúbal y la repesca del Portimonense

El Tribunal Arbitral del Deporte portugués no aceptó las alegaciones formuladas por el Vitória de Setúbal y envía este club a la tercera categoría, por incumplimientos en pagos a jugadores e instituciones,  no permitiendo su inscripción en las Ligas profesionales. El beneficiario y repescado con este acuerdo del TAD português es el Portimonense que vuelve así a División de Honor, tras haber descendido en los terrenos de juego, como penúltimo en el último campeonato de Liga.

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) rejeitou a providência cautelar do Vitória de Setúbal, que visava a suspensão da decisão de desclassificação, confirmando assim o Portimonense na edição 2020/2021 da Liga.

O emblema sadino terminou a edição transata da Liga no 16.º lugar, acima da zona de despromoção, com mais um ponto que os algarvios, mas foi impedido de se inscrever nas competições profissionais, depois de a Comissão de Auditoria da Liga ter reprovado os processos de licenciamento.
O Vitória de Setúbal decidiu, então, recorrer para o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, órgão que se considerou incompetente para julgar o processo, remetendo-o para o TAD.

O sorteio das edições de 2020/2021 da Liga e Liga 2, agendado para esta sexta-feira, terá assim o Portimonense entre as equipas que vão disputar o escalão principal.
O Vitória de Setúbal é despromovido ao Campeonato de Portugal.